PROGRAMAÇÃO GRATUITA COM DOIS GRUPOS DE CÂMARA MARCA ESTREIA DOS RECITAIS DA OSPA EM 2023 (19/3)

Publicado em Março 16, 2023
Autor / Fonte: OSPA - ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO


PROGRAMAÇÃO GRATUITA COM DOIS GRUPOS DE CÂMARA MARCA ESTREIA DOS RECITAIS DA OSPA EM 2023 (19/3)

Crédito da foto (Sonata Duo): Leonel Jacques

Às 18h deste domingo (19), a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA), fundação vinculada à Secretaria de Cultura do Rio Grande do Sul, abre as portas da sua Sala de Recitais para a estreia da Série Música de Câmara na temporada de 2023. Na apresentação, o Duo Sonata, formado por Vladimir Romanov (viola) e André Carrara (piano), interpreta a “Sonata nº 1” de Johannes Brahms. O Trio Tri, formado por Elisa Machado (soprano), Eduardo Knob (piano) e Israel Oliveira (trompa), executa obras de Osvaldo Lacerda e Franz Schubert. A entrada é franca e por ordem de chegada.

A “Sonata nº 1 em Fá Menor, Op. 120” foi uma das últimas obras compostas por Brahms. A peça foi composta em 1894, em par com a “Sonata nº 2”, originalmente para o clarinetista Richard Mühlfeld, diretor da Orquestra de Meiningen. O pianista da OSPA, André Carrara, comenta: “As duas ‘Sonatas Op. 120’ foram arranjadas por Brahms para serem executadas em clarinete ou viola. Essas duas sonatas parecem pertencer uma à outra mais do que simplesmente seu número de opus em comum”. O pianista executa os quatro movimentos da “Sonata nº 1” ao lado do violista Vladimir Romanov, formando o Duo Sonata.

Logo após, o Trio Tri realiza a segunda parte do recital. O grupo é formado por Elisa Machado, soprano e professora de técnica vocal do Coro Sinfônico da OSPA, Eduardo Knob, pianista do grupo coral, e Israel Oliveira, trompista da OSPA. A “Melodia para Trompa Solo”, do compositor brasileiro Osvaldo Lacerda, inicia o programa. “É talvez a obra brasileira mais conhecida para este instrumento”, destaca Israel, apontando semelhança com “Etude para Trompa Solo”, de Camargo Guarnieri.”

Em seguida, o Trio Tri executa uma série de peças de Franz Schubert, começando por “Ständchen, D. 899”. Originalmente escrita para voz e piano, a canção foi posteriormente transcrita para diversos instrumentos, incluindo a trompa. O pianista Eduardo Knob ainda destaca o “Impromptu nº 2” como “uma obra de grande beleza e profundidade emocional, que expressa a alma melancólica e introspectiva do compositor”. Ao fim da apresentação, a soprano Elisa Machado se junta ao grupo para cantar “Rastlose Liebe, Op. 5, nº 1”, “Gretchen am Spinnrade, Op. 2” e “Auf dem Strom, Op. 119”. “Schubert convoca uma tempestade de energia e poder bruto em ‘Rastlose Liebe’”, afirma Elisa, “foi um sucesso imediato em seu círculo e tem estado no centro de seu repertório desde então”, completa a musicista.

 

Série Música de Câmara

A série “Música de Câmara” foi criada em 2016 para consolidar a presença de grupos de câmara na programação da OSPA. As apresentações privilegiam repertórios diversos compostos para formações pequenas e também música contemporânea. Com entrada franca, os recitais ocorrem aos domingos, às 18h, na Sala de Recitais da Casa da OSPA. Esta é a 1ª edição na Temporada 2023.

 

ORQUESTRA SINFÔNICA DE PORTO ALEGRE (OSPA)

Recital da Série Música de Câmara – Duo Sonata e Trio Tri

Quando: domingo, 19 de março de 2023, às 18h.

Onde: Sala de Recitais da Casa da OSPA

(CAFF – Av. Borges de Medeiros, 1.501, Porto Alegre, RS).

 

ENTRADA FRANCA


Estacionamento: gratuito, no local.

Classificação indicativa: não recomendado para menores de 6 anos.

Informações para o público: (51) 3288-1507, de segunda a sexta, das 9h às 18h.

Este recital disponibiliza medidas de acessibilidade. 

 

Programa:

Johannes Brahms | Sonata nº 1 em Fá Menor para Viola e Piano, Op. 120

I. Allegro appassionato

II. Andante un poco adagio

III. Allegretto grazioso

IV. Vivace

 

Apresentação: Duo Sonata – Vladimir Romanov (viola) e André Carrara (piano)

Osvaldo Lacerda | Melodia para Trompa Solo

Franz Schubert | Ständchen, D. 899

Franz Schubert | 4 Impromptus, Op. 90

II. Allegro

Franz Schubert | Rastlose Liebe, Op. 5, nº 1

Franz Schubert | Gretchen am Spinnrade, Op. 2

Franz Schubert | Auf dem Strom, Op. 119

 

Apresentação: Trio Tri – Elisa Machado (soprano), Eduardo Knob (piano) e Israel Oliveira (trompa)

 

Direção Artística: Evandro Matté

 

Lei de Incentivo à Cultura Patrocínio da Temporada Artística: Vero. Patrocínio da Casa da Ospa: Banrisul, Vero, Panvel, Grupo Zaffari e Gerdau. Apoio da Temporada Artística: Fraport e Imobi.  Realização: Fundação Ospa, Fundação Cultural Pablo Komlós, Secretaria da Cultura do RS, Ministério da Cultura, Governo Federal – União e Reconstrução. PRONAC: 212601.

 

Acompanhe as notícias da Fundação OSPA:

ospa.org.br

instagram.com/ospabr

facebook.com/ospabr

youtube.com/ospaRS

twitter.com/ospabr


Mais Fotos