OPINIÃO PRODUTORA APRESENTA PRODUTO NACIONAL

Publicado em Abril 15, 2019
Autor / Fonte: OPINIÃO PRODUTORA


OPINIÃO PRODUTORA APRESENTA PRODUTO NACIONAL

Crédito da Foto: Divulgação


OPINIÃO PRODUTORA APRESENTA PRODUTO NACIONAL

O Produto Nacional, um dos grupos pioneiros do reggae no Rio Grande do Sul, irá se apresentar no Opinião, no dia 11 de julho, para celebrar 30 anos de estrada. A banda porto-alegrense, que tem no currículo três discos de estúdio e diversas participações em coletâneas conhecidíssimas aqui no Estado, estará no nosso palco passando a limpo toda a sua carreira, relembrando as suas composições de maior sucesso, como são os casos de “Esperança”, “Reggae Paradise”, “Oprimidos e Opressores” e “A Mão do Justo”. Além de executar diversos hits que foram compilados no DVD “Produto Nacional – 20 Anos”, gravado no Opinião e disponível na íntegra no Youtube (https://youtu.be/CQ5HstuLL2o), o grupo gaúcho também vai aproveitar as comemorações da excursão “30 Anos de Vibrações Positivas” para mostrar ao público algumas composições inéditas, que estarão no seu próximo disco, já em fase de pré-produção. Reconhecido pelo seu comprometimento com as causas sociais e raciais, homenageado inclusive com um troféu concedido pela Câmara Municipal de Porto Alegre, o Produto Nacional vai comandar a nação regueira numa bonita festa de paz, amor e consciência.
 
 

PRODUTO NACIONAL
O Produto Nacional, grupo de reggae pioneiro no Rio Grande do Sul, é uma das mais tradicionais bandas do gênero no país, com recém-completados 30 anos de estrada. Conhecida por propor uma ligação entre a música brasileira e o estilo jamaicano, o conjunto atualmente é formado por Paulo Dionísio (vocal), Tom Jr. (guitarra), Isnard Prates (baixo), Jorge Cidade (saxofone), Renato Batista (trompete) e João Costa (bateria).

Incorporando autenticidade à filosofia roots reggae, o Produto Nacional tem letras contundentes, que marcam o seu compromisso com a causa social. Na sua discografia, estão as coletâneas “Porto Regge” (1992), “Rock Garage 3” (1993), “Tri Legal Reggae” (1999) e “Reggae as Pampas” (2000). Já os seus três discos autorais, chamados “Produto Nacional” (1998), “A Mão do Justo” (2002) e “Aqui e Há Horas” (2010), tiveram os seus lançamentos acompanhados por grandes turnês pelo Estado, com datas também em outras cidades do Brasil.

Em 2014, comemorando duas décadas de carreira, a banda soltou o DVD “Produto Nacional – 20 Anos”. Homenageada com o Prêmio Açorianos (2001), com o Troféu Canta Brasil (2003) e com Prêmio Lupicínio Rodrigues (2005), concedido pela Câmara Municipal de Porto Alegre, a banda teve o seu comprometimento com as causas sociais e raciais reconhecido. Atualmente excursionando com a turnê “30 Anos de Vibrações Positivas”, o grupo está preparando o lançamento do seu quarto trabalho de estúdio, em fase de pré-produção.


PRODUTO NACIONAL

Onde: Opinião (Rua José do Patrocínio, 834)
Quando: 11 de julho, quinta-feira, a partir das 23h
Abertura da casa: 21h30
Classificação: 16 anos
 
Ingressos:
Lote 1:
Solidário (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 25
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 20
Inteira: R$ 40
 
Lote 2:
Solidário (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 35
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 25
Inteira: R$ 50
 
Lote 3:
Solidário (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 40
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 30
Inteira: R$ 60
 
* Os alimentos deverão ser entregues no Opinião, no momento da entrada ao evento.
 
** Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) na entrada do espetáculo. Os documentos aceitos como válidos estão determinados na Lei Federal 12.933/13.
 
Demais descontos:

* 50% para idosos: Lei Federal 10.741/03 – obrigatória apresentação de identidade ou documento oficial com foto.

* 50% para jovens pertencentes a famílias de baixa renda: Lei Federal 12.933/13 – obrigatória apresentação da Carteira de Identidade Jovem e de documento oficial com foto.

* 50% para pessoas com deficiência (e acompanhante quando necessário): Lei Federal 12.933/13  – obrigatória apresentação do Cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
 
Pontos de venda:
 
Bilheteria oficial (sem taxa de conveniência – somente em dinheiro):
Multisom Iguatemi
 
Demais pontos de venda (sujeito à cobrança de taxa de conveniência – somente em dinheiro):
Multisom Andradas 1001, Multisom Praia de Belas e Multisom Barra Shopping Sul
 
Online: www.sympla.com.br/opiniao
 
Informações:
www.opiniao.com.br
www.facebook.com/opiniao.produtora
www.twitter.com/opiniao
(51) 3211-2838


Mais Fotos