O PROJETO ARTE CONTEMPORÂNEA.RS INAUGURA DIA 29 DE ABRIL A EXPOSIÇÃO COLETIVA VIRTUAL DE ARTISTAS DO ACERVO MACRS E LANÇAMENTO DO SITE DO PROJETO

Publicado em Abril 20, 2021
Autor / Fonte: BEBÊ BAUMGARTEN COMUNICAÇÃO


O PROJETO ARTE CONTEMPORÂNEA.RS INAUGURA DIA 29 DE ABRIL A EXPOSIÇÃO COLETIVA VIRTUAL DE ARTISTAS DO ACERVO MACRS E LANÇAMENTO DO SITE DO PROJETO

Crédito da foto: Lucia Koch - Double wine

A visitação presencial será a partir de 04 de maio, mediante agendamento prévio. O catálogo virtual e impresso será lançado em breve, em data a confirmar

Um projeto de grande expectativa para o setor das artes visuais desponta no horizonte da cultura do RS. O Arte Contemporânea.RS direcionou seu olhar ao Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul - MACRS com a catalogação do seu acervo, a ser publicado de forma impressa e digital, além da exposição de uma amostra desse patrimônio artístico. O trabalho minucioso de uma equipe coordenada pela gestora cultural Vera Pellin, e orientada pela pesquisadora e curadora do projeto Maria Amélia Bulhões, catalogou 1.843 obras de 928 artistas. Em edição trilíngue (português, espanhol e inglês), o catálogo terá versão digital hospedada em site específico do projeto (www.acervomacrs.com) e será disponibilizado, gratuitamente, em todas as redes sociais do MACRS e da Secretaria de Estado da Cultura - SEDAC.  Já a versão impressa, composta por 304 páginas, terá tiragem de 1.200 exemplares e será distribuída entre instituições de artes visuais e através da Associação dos Amigos do MACRS - AAMACRS para interessados. O catálogo está em produção e será lançado em breve, em data a confirmar.

O projeto prevê uma exposição inédita do acervo no MACRS,  com curadoria de Maria Amélia Bulhões, nas galerias Sotero Cosme e Xico Stockinger, além do espaço Vasco Prado, no 6º andar da CCMQ (Rua dos Andradas, 736, Centro Histórico). Serão apresentadas na mostra mais de setenta obras em diferentes suportes, marcando a diversidade e representatividade desse acervo.  A exposição terá abertura virtual dia 29 de abril, às 19h, e presencial a partir de 04 de maio, das 10h às 18h, mediante agendamento prévio por e-mail: visitaccmpq@gmail.com

Para a produtora cultural e coordenadora do projeto, Vera Pellin, "a sociedade se organiza em torno da arte e da cultura, este bem material e imaterial a que todo cidadão tem o direito e necessita usufruir. A arte torna a sociedade mais humana e viva. Os artistas, através de suas vivências sensíveis e estéticas, cumprem o seu papel social". Esta foi a principal motivação do projeto ‘Arte Contemporânea.RS’ que, através da Digrapho Produções Culturais, em conjunto com uma equipe de especialistas, foi contemplado pelo Edital de Concurso – Produções Culturais e Artísticas, promovido pela SEDAC, por intermédio da Lei Aldir Blanc. Ainda segundo a coordenadora,  "neste momento de tantas restrições, é muito gratificante editar o primeiro catálogo do acervo do MACRS disponibilizando à sociedade este importante documento da história da arte contemporânea brasileira”.

Muito além de entregar ao público este patrimônio das artes visuais que significa o MACRS, esta iniciativa proporcionará o crescimento e o desenvolvimento do setor, agregando legitimidade e valor às obras dos artistas em relação ao campo da arte e possibilitando que sejam conhecidos com profundidade, tanto pela sociedade, como por estudiosos, galeristas e colecionadores. Conforme a pesquisadora e curadora responsável pela catalogação e exposição do acervo, Maria Amélia Bulhões, "o projeto se reveste de grande importância para as artes visuais no RS e no Brasil e foi recompensador fazer parte dele, apesar do desafio de realizá-lo dentro prazo, a equipe de trabalho foi muito dedicada e eficiente, envolvendo-se com atenção e afeto no projeto. Dar visibilidade a coleção do MACRS é uma das mais relevantes tarefas para o Museu. Poder se debruçar sobre este acervo para compreendê-lo e valorizá-lo foi uma travessia plena de emoção”.

A importância dessa publicação para as artes visuais é imensa. Por meio dela será possível ampliar estudos sobre a produção artística contemporânea no RS, mediante o fomento de novas pesquisas acadêmicas e escolares, dissertações e teses, curadorias e exposições, bem como estimular a política de empréstimo de obras para outras instituições no RS, no país e no exterior. “O catálogo geral de obras é resultado de um projeto cultural tão corajoso quanto responsável, que lançou um olhar de lupa sobre o Museu, colocando em evidência a totalidade das obras do seu acervo e tornando esse patrimônio artístico acessível, de modo permanente, em toda sua amplitude, por meio impresso e digital”, afirma André Venzon, diretor do MACRS. “As publicações desse trabalho de catalogação e pesquisa, além de essenciais para todos que desejam conhecer mais sobre a arte contemporânea brasileira, também são um forte testemunho da consistência do caminho do MACRS, de resgate da importância da trajetória desses artistas, gestores, servidores, estagiários e colaboradores, que construíram a história da instituição, ao longo de três décadas, para as futuras gerações”, complementa.

O processo, realizado em etapas pela equipe - pesquisar, documentar, digitalizar, editar e imprimir - demandou grande dedicação e aprendizado. A próxima etapa envolve expor e apresentar em diferentes mídias este acervo de arte contemporânea que vem se constituindo ao longo dos anos e que expressa diferentes visões poéticas, sentimentos e opiniões a respeito do nosso tempo. A partir do olhar desta geração de artistas se manifesta a história da arte contemporânea no Rio Grande do Sul, sendo o MACRS o principal Museu do RS focado nas atividades de preservação e conservação desta memória para as gerações futuras.

Arte Contemporânea.RS celebra essa conquista, possível por meio da Lei Aldir Blanc, e antecede as comemorações dos 30 anos do MACRS e os tempos que virão com a nova sede do Museu no 4ª Distrito, em fase de projeto executivo.

 

Equipe Projeto Arte Contemporânea.RS

Produção/ Digrapho

Carla Pellin D'ávila

 

Organização e Coordenação Geral

Vera Pellin

 

Pesquisa e Curadoria da Exposição

Maria Amélia Bulhões

 

Bolsistas – Auxiliares de Pesquisa e Catalogação

Caroline Ferreira

Luiz Felipe Schulte Quevedo

Nina Sanmatin

Malena Mendes

Mirele Pacheco

Kailã Isaias

 

Com o apoio da equipe de estagiárias de museologia do MACRS: Bárbara Hoch, Catarina Petter e Gabriela Mattia

 

Fotografia

Viva Foto - Fabio Del Re / Carlos Stein

 

Web Site

Laura Sander Klein

 

Design Catalogo

 Janice Alves E Ângela Fayet

 

Expografia da Exposição

Carla Pellin D'ávila

 

Assessoria de imprensa

Bebê Baumgarten Comunicação

 

Artistas na exposição: Alberto Semeler, Alex Topini, Alfredo Nicolaiewsky, Ana Norogrando, André Severo, Andressa Cantergiani, Ângelo Venosa, Bruno Borne, Carla Borba, Carlos Fajardo, Carlos Pasquetti, Carlos Vergara, Cildo Meireles, Claudia  Paim, Clóvis Dariano, Denise Gadela, Dirnei Prates, Eduardo Haesbaert, Eduardo Kac, Elaine Tedesco, Élle de Bernardini, Félix Bressan, Frantz, Gelson Radaelli, Gil Vicente, Gisela Waetge, Gonzalo Mezza, Hélio Fervenza, ÍO – Laura Cattani, Munir Klamt, Irineu Garcia, Isabel Ramil, Jorge Menna Barreto, Karin Lambrecht, Lenir de Miranda, León Ferrari, Lia Menna Barreto, Lucia Koch, Luiz Carlos Felizardo, Luiz Roque, Maria Helena Bernardes, Maria Lídia Magliani, Maria Lucia Cattani, Marina Camargo, Marion Velasco, Maristela Salvatori, Milton Kurtz, Nelson Leirner, Nelton Pellenz, Nuno Ramos, Patrício Farias, Paulo Bruscky, Paulo Nazareth, Rafael Pagatini, Regina Silveira, Rochelle Costi,  Rodrigo Braga, Romanita Disconzi, Rommulo Conceição, Romy Pocztaruk, Rosângela Rennó, Sandra Rey, Sandro Ka, Shirley Paes Leme, Teresa Poester, Téti Waldraff, Túlio Pinto, Vera Chaves Barcellos, Walmor Corrêa, Xadalú Tupã Jekupé, Yuri Firmeza

 

Curadoria: Maria Amélia Bulhões

 

SERVIÇO:

 Arte Contemporânea RS

Exposição coletiva do acervo MACRS / lançamento do site do projeto

Abertura virtual: dia 29 de abril de 2021, às 19h

Abertura presencial: a partir de 04 de maiopara visitação, mediante agendamento prévio

Exposição nas galerias do MACRS: Sotero Cosme, Xico Stockinger e Espaço Vasco Prado, no 6º andar da Casa de Cultura Mario Quintana - Rua dos Andradas, 736, Centro Histórico, Porto Alegre/RS.

Visitação: até 04 de julho de 2021, de segunda a sexta, das 10h às 18h

 

Agendamento por e-mailvisitaccmq@gmail.com

 

Este projeto tem o financiamento da Secretaria de Estado da Cultura do RS, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo do Governo Federal # LEI ALDIR BLANC - edital 09/2020 da SEDAC RS para ser realizado com recursos da Lei n. 14.017/2020


Mais Fotos