NOITE DOS MUSEUS - PROJETO SE REINVENTA DURANTE A PANDEMIA

Publicado em Abril 30, 2020
Autor / Fonte: JÉSSICA BARCELLOS COMUNICAÇÃO


NOITE DOS MUSEUS - PROJETO SE REINVENTA DURANTE A PANDEMIA

Crédito da foto: Felipe Fraga

A iniciativa se transforma em uma multiplataforma que inclui um portal cultural, um instituto voltado para ações sociais, educativas e culturais, além do evento presencial que foi transferido para o fim do ano

Pela primeira vez, o Noite dos Museus não será realizado no mês de maio. O evento que une história, cultura e interatividade, abrindo os centros culturais da cidade em horário diferenciado e levando dezenas de atrações para dentro das instituições, se uniu aos esforços para combater o novo coronavírus e transferiu sua quinta edição para o dia 21 de novembro. Mas isso não quer dizer que até lá o público não poderá se conectar com o projeto.

Em meio à pandemia, o Noite dos Museus se reinventa e se transforma em uma multiplataforma, expandindo o seu campo de atuação para além do evento presencial que leva multidões aos espaços públicos de Porto Alegre. Com o lançamento de um portal digital e de um instituto sem fins lucrativos voltado para ações sociais, educativas e culturais, o projeto seguirá atendendo a duas premissas fundamentais desenvolvidas nos últimos quatro anos: a formação de público para a cultura e a promoção de instituições e da produção artística em todos os segmentos, principalmente do cenário gaúcho.

“A Covid-19 mudou as nossas vidas. Não simplesmente a nossa rotina nesses dias de isolamento social, mas a nossa percepção de mundo e a forma como nos relacionamos com tudo e com todos. A pandemia intensificou mudanças que já estavam em curso, como o trabalho remoto, a educação a distância e a cobrança, por parte da sociedade, para que empresas sejam mais responsáveis do ponto de vista social. Outras mudanças menos perceptíveis ganham agora novo sentido diante da revisão de valores provocados pela crise do novo coronavírus. As transformações são inúmeras e passam pela política, a economia, a cultura, os modelos de negócios, as relações sociais, a relação com a cidade e o espaço público, entre outras. Dentro desse contexto, a cultura, fortemente impactada, passa por uma quebra de paradigmas, e sentimos a necessidade de contribuir com ações e atividades constantes e sólidas, que envolvam a produção cultural em todas as suas manifestações, o público e as instituições, conectando o mundo real com o digital a partir do uso da tecnologia. Nosso foco continua sendo o fomento da cultura, principalmente o cenário local, e criar novas conexões e experiências, mesmo de longe. Com uma plataforma contínua de divulgação da produção artística e da arte em geral, vamos manter a chama do Noite dos Museus viva até que a gente possa se reencontrar, com segurança, nos espaços públicos”, explica Rodrigo Nascimento, idealizador do projeto.

Instituto Noite dos Museus será lançado em maio, durante a Semana dos Museus, período em que o evento tradicionalmente aconteceria, e abrirá as portas da sua sede no Quarto Distrito de Porto Alegre até o final do ano, assim que a retomada das atividades não-essenciais for permitida. O instituto promoverá cursos e atividades ligadas à educação e à cultura, com ênfase em professores, educadores e alunos do ensino público, assim como pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Já o portal está previsto para entrar no ar em breve, ainda no primeiro semestre deste ano. Por lá, o público encontrará conteúdos exclusivos, como podcasts sobre diferentes temas, e-books, reportagens, matérias sobre arte e cultura, bem como entrevistas com figuras destacadas do ambiente artístico-cultural, além de um espaço especial para conectar o público que já foi ao evento com quem planeja ir de novo ou pela primeira vez.

A produção da quinta edição do megaevento presencial também segue ativa. A organização planeja novidades em relação aos museus e às atrações participantes para receber o público crescente que bateu recorde em 2019 somando mais de 100 mil pessoas. Em 2020, o projeto deve contar com novidades no tour cultural, como a Cinemateca Capitólio e o Paço Municipal de Porto Alegre, além de movimentar locais a céu aberto, como a Praça da Alfândega. Os espaços serão palco mais uma vez de diferentes intervenções artísticas relacionadas a músicateatro, dança e literatura.

A expectativa é poder realizar o evento no fim do ano desde que seja seguro para todos. “Estamos atentos e acompanhando o desenrolar da crise gerada pela pandemia de Covid-19, bem como estudando as orientações e as medidas que vêm sendo tomadas diariamente pelo Ministério da Saúde e pelos governos estaduais e municipais. Seguimos trabalhando com tempo e planejamento, organizados para oferecer toda a estrutura que um evento como esse precisa. Só realizaremos a nossa quinta edição considerando a saúde e a segurança dos artistas, das equipes, dos museus e do público”, aponta Nascimento.

A quinta edição do Noite dos Museus tem patrocínio de Sherwin-Williams, copatrocínio do grupo Ultra e realização de RompecabezasSecretaria Especial da CulturaMinistério do TurismoPátria Amada Brasil - Governo Federal.


Mais Fotos